0
O TRE-PA, hoje, declarou inelegível por três anos a deputada estadual Bernadete Ten Caten (PT), que vai recorrer ao TSE.

Foi preciso o Voto de Minerva do desembargador João Maroja, presidente do tribunal, para desempatar a votação, após a divergência aberta pelos juízes André Bassalo, Paulo Jussara Júnior e Daniel Sobral – este juiz federal -, contra o voto do relator, desembargador Ricardo Nunes, que foi seguido pelos juízes Rubens Leão e Vera Araújo.

Trata-se de Ação de Investigação Eleitoral, proposta pelo PSOL, por abuso de poder econômico, quando ela foi candidata à prefeitura de Marabá, em 2008. Bernadete teria realizado evento festivo de aniversário, em casa de eventos na cidade de Marabá, divulgada por meio de outdoors e através deles veiculado convite à população local. Além disso, a festa teria tido ampla cobertura jornalística. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Começa a transição

Anterior

Nota de esclarecimento

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *