0
FOTOS: RENNATO TESTA
Sobre a cadeira vazia de Simão Jatene (PSDB),  que faltou ao debate na Rádio Liberal,  hoje, Ana Júlia Carepa (PT) colocou um presente: chocolates da fábrica de Medicilância, criada recentemente com o apoio de seu governo.

Para adoçar o Dia de Cosme e Damião, ela distribuiu barras da guloseima para os demais candidatos, Domingos Juvenil (PMDB) e Fernando Carneiro (PSOL), assessores e jornalistas presentes. O programa eleitoral de Jatene alardeara que a fábrica não existia.

Também foi distribuída à imprensa e aos demais candidatos uma carta enviada a Ana Júlia pelo prefeito de Medicilândia, Ivo Valentim Muller, e pelo presidente da Coopatrans, proprietária da fábrica de chocolate, Ademir Venturim, agradecendo o incentivo recebido.


A ausência gerou piadinhas. Jatene foi apelidado por Fernando Carneiro(PSOL) de “Simão Fujão” no debate ao vivo, transmitido a 80 municípios pelas emissoras Liberal/CBN e Rádio Liberal Castanhal, além do Portal ORM. 

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Jader mantém candidatura

Anterior

Dura lex

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *