O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

Cosanpa diz que água volta hoje à RMB

Só a perícia do Corpo de Bombeiros, com apoio da Celpa e da Eletronorte, poderá apontar as causas do incêndio que destruiu todos os 16 quadros de comandos da Estação Bolonha da Cosanpa – que haviam sido revitalizados há cerca de cinco anos e eram considerados novos -, deixando a Região Metropolitana de Belém sem água desde o sábado até agora. O que se sabe é que o relé de desarme (proteção) deveria ter atuado assim que iniciou o curto-circuito, mas falhou.

Nos hospitais administrados pelo Estado foram adotadas medidas emergenciais para garantir os serviços que dependem diretamente do abastecimento de água. No Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, um sistema complementar ao que é utilizado normalmente pela unidade foi colocado em operação. Ainda durante madrugada, uma força-tarefa garantiu o restabelecimento da água no HMUE, que desde o incêndio no Pronto Socorro de Belém, no final de junho, tem recebido uma demanda maior de pacientes. O Metropolitano serviu, inclusive, de apoio aos pacientes transferidos do PSM.
Para não comprometer o atendimento de pacientes e usuários, a Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna providenciou o abastecimento das cisternas da unidade; já no Centro de Hemodiálise Monteiro Leite, no bairro de Batista Campos, esse trabalho está sendo feito pelos Bombeiros. A prioridade, claro, é para os setores de UTI, emergências, centros cirúrgicos e obstétricos. Nos demais setores, o abastecimento está sendo liberado por 15 minutos, a cada hora, até que a Cosanpa restabeleça o fornecimento. 

A direção do Gaspar Vianna esclarece que a suspensão da sessão de diálise, ontem, ocorreu em virtude do processo de desinfecção da cisterna da clínica, feito no último domingo. Como o abastecimento não foi restabelecido no tempo previsto, não foi possível atender aos pacientes, vez que a água entregue pelos bombeiros precisa passar por um minucioso processo de desinfecção antes de ser utilizada. Os pacientes que não puderam fazer diálise foram avaliados e trinados  Aqueles considerados prioritários foram encaminhados para realizar o procedimento no 4º e 5º turnos do Hospital de Clínicas ainda hoje.





Conforme nota da Agência Pará, nos
bairros Arsenal, Cidade Velha, Comércio, Campina, Reduto, Batista Campos,
Umarizal, Nazaré, Telégrafo (parte), Guamá, Cremação, Condor, Jurunas,
 Marco, Curió-Utinga, Souza, São Brás, Canudos, Fátima, Terra Firme,
Sacramenta, Pedreira, Telégrafo (parte), Malvinas (Casota), Guanabara,
Marambaia, Jaderlândia, Cidade Nova e Guajará, a água deverá voltar às
torneiras ainda hoje pela manhã.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *