A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Concursados municipais

Dirigentes da Associação dos Concursados do Pará reuniram hoje de manhã com os vereadores do PT Marquinho, Adalberto Aguiar, Otávio Pinheiro, Amaury e Alfredo Costa e do DEM, Carlos Augusto Barbosa, de oposição ao prefeito Duciomar Costa. Pediram apoio para a anulação do Edital 002/2011, do Processo Seletivo para Provimento e Formação de Cadastro de Reserva nos Cargos Temporários da Sesma, e a abertura de edital de Concurso Público, conforme preconiza a Constituição Federal.
O certame, que oferta 2.563 vagas para diversos cargos da Sesma, além de ser uma “seleção” para a contratação de servidores temporários, ainda cobra taxa de inscrição dos participantes. Promovido pelo Centro de Extensão, Treinamento e Aperfeiçoamento Profissional, o edital já sofreu retificação por causa de erros denunciados pela Asconpa ao Ministério Público do Estado.
Os vereadores receberam cópias dos editais e da Lei 8.745/93, que dispõe sobre a contratação de servidores por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. A Asconpa também solicitou audiência pública na Câmara, para tratar da questão das admissões de servidores na administração pública do Município. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *