0
A Agência Nacional de Transportes Aquaviários ficou de entregar em até 180 dias à Secretaria Especial de Portos o Plano Geral de Outorgas. Um decreto será editado pela Presidência da República, estabelecendo o novo regime, que dará oportunidade a empresas privadas de terem concessões portuárias. O governo quer leiloar os projetos do mesmo modo como faz com hidrelétricas. O Plano de Outorgas apontará onde é necessário construir um porto e de que tamanho. O detalhe é que há demanda por toda a costa.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Vida & arte

Anterior

Já vimos esse filme

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *