0
Ravel, Schubert e Mozart são três dos clássicos selecionados pelo Pedreira’s Quartet, da Fundação Carlos Gomes, para a apresentação no programa Timbres desta terça-feira, às 18 horas, na Capela do São José Liberto. Formado por Akel Fares, no primeiro violino; Kalie Akel, no segundo violino; Márcio Heraldo, na viola; e Bruno Valente, no violoncelo, o quarteto terá ainda a participação especial, na peça de Mozart, do trompista Sóstenes Siqueira.
Haverá o Momento Didático, para mostrar ao público um pouco da história e das possibilidades sonoras da trompa, instrumento de sopro tão antigo que já era conhecido pelos egípcios, gregos e romanos. A trompa é um instrumento metálico de 3,7 metros de comprimento, com formato curioso, enrolado várias vezes, e que tem papel importante na orquestra sinfônica moderna. Os requisitos para ser um bom trompista também serão abordados no programa, transmitido pela Rádio e TV Cultura.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Fim da greve na Seduc

Anterior

Serra na rede

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *