0

Conforme publicado aqui em 9 de abril, data em que passou a contar o prazo de dez dias úteis para apresentação das indicações, a partir da leitura pelo presidente da Alepa, deputado Chicão, do expediente do presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, conselheiro Antonio José Guimarães, declarando vaga na composição do TCM-PA, a ex-deputada federal Ann Pontes, esposa do ex-prefeito de Tucuruí, ex-deputado, ex-presidente da CDP e ex-chefe da Casa Civil do Governo do Pará Parsifal Pontes, está no páreo. A iniciativa foi do deputado Gustavo Sefer, cujo irmão é genro da indicada.

Hoje, a Comissão de Constituição e Justiça e de Redação Final escolheu o deputado Rogério Barra relator da indicação de Ann Pontes. O deputado Nilton Neves é o relator da indicação de Elcias Oliveira da Silva, auditor de carreira no Tribunal de Contas do Estado do Pará. Na próxima terça-feira os pareceres serão lidos e votados pela CCJRF, que se manifestará quanto à admissibilidade de ambos. Se admitidas as duas candidaturas, o presidente da Alepa marcará dia e hora para a sessão de sabatina. A decisão final cabe ao plenário, em votação secreta. A vaga em questão é do Poder Legislativo.

Presidida pelo deputado Eraldo Pimenta, participaram da reunião da CCJRF os deputados Eliel Faustino, Iran Lima, Fábio Figueiras, Dirceu Ten Caten, Rogério Barra, Josué Paiva, Renato Oliveira, Nilton Neves e Ana Cunha.

Fotos: Balthazar Costa (AID/ALEPA)

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Alepa recebe projeto da LDO 2025

Anterior

AP cancela aluguel do evento dos Bolsonaro

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *