0
As duas últimas testemunhas de acusação que seriam ouvidas na audiência que aconteceria hoje, nos autos do processo a que responde Luiz Afonso de Proença Sefer, por estupro e atentado ao pudor contra uma criança de 9 anos, serão ouvidas só no próximo dia 16, por determinação da juíza Graça Alfaia, titular da Vara de Crimes Contra a Criança e o Adolescente. A testemunha de defesa Ana Amélia Sefer Figueredo, irmã do acusado, que está passeando pela Europa, deve chegar para a oitiva. Em seguida, poderão ser requeridas diligências tais como novos exames periciais.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Internautas, acautelai-vos!

Anterior

Viação Dudu

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *