Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Caldeirão cultural

“Temos no Pará um fenômeno interessante. O ‘Pará dos Ribeirinhos’, que corresponde à colonização aos séculos XVII e XVII, a mais antiga do Estado”. Vigia, Óbidos e tantas outras, todas com intima relação com o rio. Temos também o Pará do século XIX, aquele na qual as povoações se formaram à margem da Estrada de Ferro Belém/Bragança, onde citamos Bragança, Santa Maria, Capanema, Castanhal – grande pólo dessa época. Outro Pará é aquele do final do século XIX e início do século XX, onde identificamos a região do Araguaia, que sofre muita influência dos Estados do Maranhão e Goiás. E por fim o Pará que surge no coração do século XX, com os grandes projetos. É o Pará da região sul. Aí temos paisagens culturais diferentes”. (Anaiza Virgulino, doutora, antropóloga e folclorista especializada em religiosidade, no seminário “Diversidade Cultural: Culturas Híbridas”,explicando a nossa miscigenação cultural). Leia mais em www.uruatapera.com, na seção “Últimas Notícias”.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *