0
Francisco Florenzano está negociando o retorno da agência do Basa à praça de Oriximiná, que seria viabilizado inicialmente por uma solução tupininquim, em parceria com a ADMO – Agência de Desenvolvimento Municipal de Oriximiná, Associação Comercial, Emater-PA, Sindicato de Produtores Rurais, e Prefeitura Municipal. O prefeito e empresários de vários segmentos já toparam. Se restabelecer as operações em Oriximiná, a performance regional do Banco da Amazônia vai melhorar, e muito, mas os formulários com os quesitos para informações do mercado local ainda não foram enviados pela superintendência do Banco.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Remoção & promoção no TJEPA

Anterior

Exercício de paraensismo

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *