0
No Globo Esporte (TV Globo) de hoje, César Brasil declarou que o Pantera Negra, campeão da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol, nunca teve um hino. A notícia merece reparo. O consagrado músico santareno Wilson Fonseca, autor de mais de 1.600 obras musicais e do livro “Meu Baú Mocorongo” – compôs (música e letra), a pedido do então prefeito de Santarém e diretor do clube, o “Hino do São Raimundo Esporte Clube”, em 1969. Vicente Malheiros da Fonseca, filho do maestro Isoca, fez um arranjo orquestral para a composição, em 2008.

HINO DO SÃO RAIMUNDO ESPORTE CLUBE

Letra e Música: Wilson Fonseca (1969)

“Neste canto vibrante de fé,

Vamos todos com alma sincera

Levantar nosso brado, de pé,

Ao valente e altivo “PANTERA”.

Os teus feitos te envolvem de glórias

Conquistadas por bravos, por fortes.

Em tuas lutas se buscas vitórias,

Tens por mira elevar os esportes.

Estribilho

“São Raimundo” de raça, querido

Alvinegro que o povo quer bem,

Nos gramados tu és sempre aplaudido

Pois teu nome traduz Santarém.

“São Raimundo” de raça, querido

Alvinegro que o povo quer bem,

Nos gramados tu és sempre aplaudido

Pois teu nome traduz Santarém.”

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Retrato da selvageria

Anterior

Nunca mais

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *