0

Foi aprovado hoje o projeto de lei, de autoria do deputado Carlos Martins (PT), que declara Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Pará a obra musical e literária do Maestro Wilson Fonseca. Agora, cabe à Secult resguardar a integridade e genuinidade da obra do Maestro Isoca, inclusive catalogar e instituir mecanismos de conservação e divulgação do acervo .
Wilson Fonseca nasceu em Santarém no dia 17.11.1912 e faleceu em Belém, em 24 de março de 2002. Compositor praticamente autodidata, ocupou a cadeira nº 24 da Academia Paraense de Música e a cadeira nº 07 da Academia Paraense de Letras. Sua produção está reunida em 20 volumes, com mais de 1.600 composições.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Choque de gestão

Anterior

Selo Unicef

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *