0
A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou hoje projeto de lei complementar que cria o imposto sobre grandes fortunas: incidirá sobre patrimônio superior a R$ 2 milhões. A alíquota do novo tributo deverá variar de 1% a 5% ao ano, sem possibilidade de dedução no Imposto de Renda. Até parece que vai funcionar. O Leão da Receita só aperta mesmo é assalariado.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Duciomar@impunidade.com.br

Anterior

Largada

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *