Para marcar os quinze anos de criação das Florestas Estaduais de Faro, Trombetas e Paru, da Estação Ecológica Grão-Pará e da Reserva Biológica Maicuru, na Calha Norte, hoje (4), o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) lançou…

Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Atenção humanizada

Desde 1997 é praticado na Santa Casa de Misericórdia do Pará o Método Canguru, cuidado diferenciado com o bebê prematuro (de baixo peso), incluindo a relação com a mãe, aspectos físicos, psíquicos, comportamentais, cognitivos e afetivos – estimulando, a partir da UTI, o contato pele a pele entre a mãe e o bebê, com apenas uma faixa imitando a bolsa do canguru -, o que ajuda muito na recuperação do recém-nascido.


A ampliação das Unidades de Referência em Neonatologia do Estado do Pará, com equipes multiprofissionais capacitadas para a implementação do método, se integra a outras estratégias para a redução da mortalidade infantil. Além da mãe, o Método Canguru também pode ser praticado pelo pai da criança e outros familiares, associado a condutas e tratamentos terapêuticos.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *