0
Um garotinho brincava no quintal de sua casa, em Itaituba, quando deu de cara, vejam só, com um porco-espinho em uma mangueira (!). Também conhecido por ouriço-caixeiro ou cuandu, a animal saiu do bosque que fica no final do Jardim das Araras e subiu na árvore, não se sabe como, a uma altura de cerca de seis metros, e ficou preso aos galhos pela cauda e patas. O avô do garoto atendeu a seus gritos e tratou de chamar os Bombeiros. Foi um deus-nos-acuda. Uma grande multidão de curiosos assistiu à operação de resgate. Depois de uma hora e muitas tentativas, o bicho finalmente foi capturado.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Homem & ambiente

Anterior

A saúde avacalhada

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *