0
São gravíssimas as acusações contra os chefes das regionais da Setran, no Sul do Pará e Abaetetuba. Vão de fraudes em licitações para recuperação de estradas a abuso sexual e pedofilia, passando por assédio sexual de servidoras da Secretaria. Valdir Ganzer já foi informado de tudo e nem tchuns. Trata os denunciantes como bandidos.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Cartão do Educador

Anterior

A energia elétrica sumiu

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *