0
Não percam hoje, no teatro Margarida Schivasappa, às 21h, a peça “A Alma Imoral“, da atriz Clarice Niskier. Premiada com o Shell, na categoria melhor atriz, e o Qualidade Brasil, na categoria melhor atriz teatral drama, é uma adaptação da obra de Nilton Bonder, eleito um dos 20 melhores livros de sabedoria judaica nos EUA. Reacendendo conceitos milenares da história da civilização – corpo e alma, certo e errado -, o espetáculo tem como base histórias do Velho Testamento, parábolas de sabedoria judaica, além de informações históricas e científicas. No monólogo, Clarice Niskier conversa com o público sobre traição e tradição, o tempo todo fica nua e lança mão de um enorme véu negro para construir um surpreendente figurino que renova a cada narrativa. Eu já vi no Rio, gostei muito e recomendo. Ah, é gratuito!
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Apertou o cerco

Anterior

Puxão de orelhas

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *