0
Periga não acontecer o início festivo, em 15 de setembro, das operações na mina de bauxita da Alcoa em Juruti. É que a Sema ainda não liberou a Licença de Operação – o Incra pressiona para que não seja concedida enquanto não forem definidas as compensações que devem ser pagas a assentados afetados pelo projeto. Os executivos da mineradora estão em polvorosa. Convidaram deus-e-o-mundo para a inauguração, inclusive Lula e a governadora Ana Júlia. Agora, correm de seca a meca para garantir que o evento aconteça.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Desculpem, tá?

Anterior

Alvo preferencial

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *