0

O jornal britânico Daily Telegraph publicou lista elaborada por seus críticos literários com uma seleção das melhores obras consideradas “cult” da história. Inclui “alguns livros clássicos e alguns catastróficos, mas todos com o poder de inspirar”. Para definir o que é cult, a reportagem fez a seguinte tentativa: “livros freqüentemente encontrados no bolso de assassinos; livros que são levados muito a sério quando se tem 17 anos; livros de autores considerados loucos”. Entre os escolhidos, obras de Sylvia Plath, J. D. Sallinger, Aldous Huxley, Tom Wolfe e Ítalo Calvino.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

EPAEP 2008

Anterior

Posse no TSE

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *