0

Deixo a partir desse momento a condição de pré-candidato do PSDB à Presidência da República, mas não abandono as minhas convicções e minha disposição para colaborar com meu esforço e minha lealdade para a construção das bandeiras da social democracia brasileira.

Escolho contribuir dessa forma para que o PSDB e nossos aliados possam, da maneira que compreenderem mais apropriada, com serenidade, sem pressões, construir o caminho que nos levará à vitória em 2010. No curso dessa jornada, mantive um pacto que jamais me descudei: dos grandes compromissos que assumi com Minas, razão e causa a que tenho dedicado toda a minha vida pública.

Ao deixar a condição de pré-candidato à Presidência da República renovo reflexões ao lado dos mineiros. Independente de nova missão política que porventura possa vir a receber continuarei trabalhando para ser merecedor da confiança e das melhores esperanças dos que partilharam conosco neste período uma nova visão sobre o Brasil.”
(Aécio Neves, hoje, em nota oficial desistindo de pleitear a Presidência da República em 2010. Ou não, como bom mineiro e neto de quem é.)
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Salve-nos, quem?

Anterior

18 anos do Uruá-Tapera

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *