0
Bom dia, amigos, quinta-feira do bem para todos nós. E vamos que vamos! Nas fotos de Ricardo Lima para a Getty Images, a Ilha do Combu, Área de Proteção Ambiental que fica a cerca de 25 minutos de barco saindo de Belém do Pará, onde os moradores produzem chocolate orgânico artesanal, com torragem feita em fogão caseiro e a pasta processada em moedor de carne. 
Para a embalagem de 100 gramas, com altíssimo teor de chocolate puro, é utilizada a folha do cacaueiro, e os produtos podem ser comprados no interior das próprias residências dos ribeirinhos.


Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Perguntinha pertinente

Anterior

Explosão de balsa em Abaeté

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *