0

Na calçada da Bodytech Belém pedestre não tem direito de ir e vir. Carrões ficam parados ali o tempo todo todos os dias, bem em cima da faixa com o piso tátil para pessoas cegas ou com baixa visão. Carros que custam meio milhão e cujos donos não querem pagar o estacionamento da academia e se acham donos do mundo, se lixando para a patuleia que precisa caminhar. Pior do que a academia permitir isso e sequer fazer manutenção da calçada, toda quebrada como se observa na foto, é a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém – Semob e a Seurb fazerem vista grossa. Alô, Ministério Público do Estado do Pará – MPPA!


Foto de Guy Veloso

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

O lado pai do PMPA

Anterior

Vernissage na Galeria Fidanza

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *