O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

20 anos do ECA

A defesa dos direitos de crianças e adolescentes começou a ganhar força com a Assembléia Nacional Constituinte e as Constituintes estaduais, resultando nas garantias estabelecidas na Constituição de 1988, posteriormente detalhadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei n° 8.069, de 13 de julho de 1990.

Na sessão de hoje do TCE-PA, com o conselheiro Ivan Cunha de férias, a Corte foi integrada, pela primeira vez nas duas últimas décadas, exclusivamente por ex-parlamentares que, ao longo de suas trajetórias políticas, fizeram da defesa dos direitos infanto-juvenis atuação prioritária.

Enfatizando a coincidência desafiadora, o conselheiro Nelson Chaves fez o registro histórico e suscitou o debate acerca da responsabilidade cidadã do tribunal e do papel importante que deve exercitar, orientando o governo do Estado e as prefeituras, aos quais cabe o planejamento e execução de políticas públicas voltadas à infância e à juventude.

Quando deputado estadual, Nelson Chaves idealizou e criou, através de projeto de decreto legislativo, a escola-creche da Alepa, aberta à comunidade, e que hoje é tida como referência nacional. A própria presidente do TCE-PA, conselheira Lourdes Lima, contou que seu primeiro neto estudou na escolinha.

O conselheiro Cipriano Sabino, quando parlamentar estadual, foi autor de projetos de lei obrigando o poder Executivo a, semestralmente, realizar exames médicos e odontológicos nas escolas, de modo a promover o acompanhamento sistemático da saúde dos estudantes – o que atualmente é feito através de programas específicos, embora ainda insuficiente para a enorme demanda.

O conselheiro Luis Cunha, que durante 20 anos de mandato como deputado estadual defendeu a instituição do ensino em tempo integral nas escolas públicas, rememorou o projeto Guia dos Viajantes, que concebeu e implantou na extinta Fterpa, com o apoio do Ministério Público, TJE-PA, PM, Funcap e Funpapa, quando dezenas de adolescentes resgatados da rua, das drogas, da prostituição e da mendicância voltaram às suas famílias, à escola, aprenderam um ofício e viraram cidadãos.

Analisando a dramática situação da educação pública, da superpopulação carcerária de jovens, do trabalho e exploração infantil, da violência, pobreza e desagregação familiar, os conselheiros do TCE-PA estão dispostos a adotar posicionamento claro e firme no sentido de fixar estratégias de monitoramento dos recursos orçamentários e fiscalização do cumprimento das políticas públicas infanto-juvenis, criar um canal constante com a Assembleia Legislativa, e instituir parcerias com a sociedade na garantia dos direitos humanos e dos cidadãos. Por iniciativa do então presidente Nelson Chaves, o TCE-PA atende adolescentes oriundos da Funcap com oferta de estágio.

Nunca é demais lembrar: uma criança é carente não só quando su
a família não tem dinheiro, mas também quando os seus direitos não são respeitados. Isso significa que é preciso estar na escola, ter acesso a cultura, alimentação, boas condições de saúde, moradia digna e integridade física, moral e psicológica.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *