Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Audiência na ação de jornalistas demitidos

Na próxima quinta-feira, 31, às 10h, na 5ª Vara do Trabalho de Belém, haverá nova audiência da ação coletiva ajuizada pelo Sinjor-PA contra as demissões, pelo grupo RBA (Diário do Pará, DOL e TV RBA), dos jornalistas Elias Santos, Yorranna Oliveira, Edmê Gomes, Thamires Figueiredo e Daniele Brabo, imediatamente após o fim do prazo de estabilidade de 45 dias firmado em acordo judicial que encerrou a greve da categoria em setembro do ano passado

Em outro processo ajuizado pelo Sinjor-PA contra o grupo RBA, no último dia 7 de abril foi publicada a sentença que obriga a reintegração dos jornalistas Amanda Aguiar, Felipe Melo, Cris Paiva e Adison Ferrera, além de indenização no valor de R$ 30 mil, a título de danos morais, a cada um dos quatro profissionais demitidos em novembro passado. A decisão foi exarada pela juíza substituta da 5ª Vara da Justiça do Trabalho, Karla Martins Frota, que julgou totalmente procedente a ação movida pelo Sindicato e mantida em sede de embargos de declaração do grupo RBA, no dia 26 de maio. A empresa recorreu novamente e o processo aguarda julgamento do recurso. 

A expectativa do assessor jurídico do Sinjor-PA, André Serrão, é de que a Justiça do Trabalho continue a decidir em favor dos trabalhadores, que têm o direito de greve garantido pela Constituição Federal. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *