A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Alô, governador e MP!

“Fran, 


Uma colocação que nos faz refletir sobre o
futuro olhando o nosso passado.




Certas coisas acontecem e ninguém toma conhecimento pelos profissionais de
comunicação, uma delas é da tentativa de desalojar as crianças do Instituto
Pestalozzi para especulação imobiliária, especulação essa que talvez tenha
sido o motivo da tentativa de mudança no gabarito da área.



Estava eu tomando um tacacá quando apareceu o Álvaro, um antigo conhecido; depois das saudações a pergunta de praxe e tu por onde andas, sua resposta não
foi breve e aqui relato da maneira que lembro!

‘Eu tô tentando salvar umas crianças com deficiência intelectual. Sou presidente
do Pestalozzi, mas não pense que será uma missão fácil lá acontece de tudo, eu já
tive três AVC e me fizeram presidente por aclamação apenas para eu assinar a
venda da área já devidamente negociada para uma construtora que comprou o
terreno vizinho onde está a Sotreq pagando R$1.200,00 o m² e pagaria no do
Pestalozzi o valor simbólico de R$ 167,00 o m² que dá 5 milhões. Eu não assinei
e depois descobri que as crianças já tiveram sua área reduzida pelo governo do Estado, que se apossou da parte que ficou do outro lado da João Paulo II, que
cortou a área original ao meio, mas isso não é tudo. As mesmas crianças já
foram beneficiadas com doações em forma de veículos, carros, caminhões e até
lanchas pelo governo do Estado mas que nunca chegaram até a Fundação. O pior é
que peço ajuda e ninguém me dá nem resposta, só o Bonna e a Istoé é que deram
uma notinha de rodapé sobre os carros e agora a quadrilha que pensava que eu
seria convencido em fazer parte dela quer me tirar na marra da presidência para
vender a área! ‘
Eu olhei para o Álvaro e vi a figura de um ex atleta que sofreu três AVC apoiado
em uma bengala defendendo o patrimônio de uma Fundação sem contar com a ajuda
de ninguém mesmo sabendo que o custo estava sendo sua saúde, talvez até sua
vida!
Me despedi dele tendo certeza que apertava a mão de um dos heróis desconhecidos
cujo reconhecimento aqui na nossa Belém nunca existira, entretanto fiquei feliz
em saber que existe pessoa com caráter e índole suficientes para dedicar o que
lhe resta de vida em beneficio da comunidade!
Acho que milagre existe e o Álvaro ser eleito por aclamação foi um deles; resta
saber se ele terá tempo suficiente no cargo ou de vida para manter o patrimônio
do Pestalozzi e trazer de volta o que foi dado e tomado.
Faço esta colocação para mostrar que são ilimitados os atos dos que fazem de um
tudo para obter lucro em áreas de Belém, chegando ao ponto de tentarem jogar ao
relento inocentes e indefesas crianças, com o agravante de portarem
deficiência intelectual!
MCB”

Diante de tão grave denúncia, é imperioso que o Ministério Público aja de pronto a fim de apurar responsabilidades e evitar o mal maior a essas desprotegidas crianças. É uma vergonha que tal fato aconteça diante dos narizes oficiais, sem qualquer providência.



Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *