Conheça o Pará

OS RIOS DO PARÁ
O rio Guamá corta a cidade de Belém e faz parte da vida de sua população. Banha dezenas de pequenas ilhas, habitadas por nativos que mantêm várias olarias. Em Belém o nível das águas da orla chega a alcançar 3,80 m e 0,0 m, em março e setembro, durante as luas cheia e nova.

A capital do Estado do Pará está situada em um dos braços do rio Amazonas. É banhada pelo rio Guamá ao sul e pela Baía do Guajará a oeste, a 160 quilômetros ao sul do Equador.

O Amazonas é o maior rio do mundo em volume de água, com extensão total de 5.298 Km. Corta o Estado do Pará no sentido oeste-leste, e em sua foz está o maior arquipélago flúvio-marítimo do mundo, o Marajó, onde, ao norte ocorre o fenômeno da "pororoca", invasão de águas do oceano Atlântico no rio, formando grandes ondas destrutivas.

Suas águas são barrentas e frias, alcançando a profundidade de 100metros. Sendo um rio de planície, é navegável em toda a sua extensão.

É na Baía do Guajará onde Belém é mais bonita. A oeste da cidade, é a rigor um subestuário e recebe águas dos rios Guamá, Acará e Moju. Tem comunicação direta com a baía do Marajó e, pela proximidade ao oceano Atlântico, está sujeita a influências das marés oceânicas. Suas águas são barrentas, fortemente amareladas e salobras.

Na Baía do Guajará há magníficas ilhas como as das Onças, Arapiranga e Periquitos, entre outras. É também onde se concentram os principais pontos turísticos de Belém, entre os quais o Ver-o-Peso, Complexo Feliz Lusitânia e Estação das Docas.


Clique na imagem para ampliar


        Imprimir página