Conheça o Pará

FORDLÂNDIA, O SONHO PERDIDO NA AMAZÔNIA
Há cem anos, nascia em plena selva Amazônica uma cidade idealizada pelo visionário americano Henry Ford, ao custo de US$ 25 milhões. Só que, nessa época, o ciclo da borracha já havia acabado no Brasil.
Mas as imagensde uma cidade que em seu apogeu chegou a contar com modernidades inimagináveis para os habitantes dos grandes centros da época ainda impressionam. Fordlândia tinha um hospital de primeira linha, onde foi feito o primeiro transplante de pele do País, luz elétrica, escolas com professores vindos da capital (Belém), água encanada e até um cinema. Quase tudo trazido dos Estados Unidos. Em 1930, Fordlândia chegou a ter uma população de 2,5 mil habitantes. Mais de 20 línguas eram faladas no local.


Clique na imagem para ampliar


        Imprimir página