CAFÉ PARAENSE

Tapioquinhas de coco, de cupuaçu, de bacuri, de leite condensado, de queijo do Marajó, pupunhas, geléias, mingaus, bolinhos e sucos de incontáveis sabores exóticos pontificam num café da manhã típico do Pará. Belém é uma capital rica em cores, cheiros e sabores, sentidos em cada esquina: nas barracas de tacacá, nas vendas de açaí, anunciadas com bandeirinhas vermelhas, e nas mangas que caem das árvores. 
São especialidades da culinária mais típica do Brasil, frutos da natureza pródiga, da colonização portuguesa e das heranças indígena e africana. Uma miscigenação cultural e racial que também se faz presente no artesanato e no folclore.

Compartilhe:

Campanha
Apoiadores
campanha